terça-feira, 12 de outubro de 2010

É Preciso Recuperar Portugal!!!


É urgente desmascarar os fantoches que estão no governo português, como marionetes dos interesses globalizantes do Bilderberg Group & Ciª!

O povo português precisa compreender que aqueles que estão no poder em Portugal não estão seguindo uma agenda política nacional, mas uma agenda internacional que está muito além dos interesses da Nação!

O povo português precisa compreender que não é ele que está escolhendo os seus líderes através dos chamados processos de eleição democrática, mas que aqueles que os governam são escolhidos em reuniões multinacionais muito antes das campanhas eleitorais sequer começarem!

Para haver mudanças positivas, vivificantes e boas em Portugal, o povo português precisa despertar para estas realidades!

2 comentários:

Rick disse...

Sem duvida caro amigo,mas indo à livraria fnac,ou bertrand etc,vemos que as pessoas ignoram ou fazem por ignorar um livro sobre Bilderberg o qual até foi boicotado inicialmente em Portugal(depois de sair na Espanha etc)e agora vai na terceira edição!
Eu e outros denunciamos há vários anos em sites e blogs essa e outras organizações(Trilateral CFR etc)mas com poucos resultados.
Acredito que como Norberto Keppe escreveu em 1991 no seu livro "Liberdade pelo Conhecimento" o povo em geral faz boicote ao conhecimento pois ele proprio inconscientemente quer participar da corrupção instalada no mundo!!Claro que há os média que impedem a divulgação de tudo isso pois os seus patroes são sócios e cumplices das organizaçoes mencionadas!Mas no entanto temos a internet onde se pode pesquisar(até ver)tudo mas lá está as pessoas querem diversão em vez de se informarem.E a verdade não é simpatica pois não??...

Daniel Simões disse...

às vezes vejo-me no centro de Lisboa empunhando cartazes chamativos sobre o assunto e distribuindo folhetos explicativos com links para quem quiser saber mais.
Vejo conversas no meio da rua com os transeuntes enquanto esta acção é feita.
Por aqui ainda só dei umas palestras, mas ainda não encontrei pessoas que estejam despertas para estas realidades que comandam a vida de todos de uma forma muito mais profunda do que maior parte ousa imaginar.