quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

O Erro de Protágoras

Baseado na Sequência Aurea de Fibonnaci, eu e uma amiga passámos pela famosa frase de Protágoras que diz:

"O Homem é a medida de todas as coisas"

... e descobrimos que, possivelmente, este filósofo estava equivocado.
Transcrevo aqui o nosso diálogo:

"- (...) a medida que se encontra no nosso corpo, qualquer uma, serve para medir qualquer coisa no universo
- Mas como o Universo surgiu (ou foi criado) primeiro do que o nosso corpo, podemos pensar que todas as medidas que existem no Universo se refletiram nas medidas utilizadas para "construir" o nosso corpo... soa melhor?

- Much better
- A medida de todas as coisas está no Homem!!!

- Então o homem serve para medir todas as coisas
- Logo ele não é a medida de todas as coisas
!"

Estaremos certos?

Um comentário:

Diogo disse...

Quando o homem diz que é a medida de todas as coisas não significa que ele utilize partes do seu corpo como termos de medida.

Mas, so far, sem o homem não há medida nem necessidade dela (falso, na realidade todos os seres vivos medem – comparam distâncias, gostos, temperaturas, etç.)

Em suma, tem de existir uma consciência que meça.