domingo, 20 de fevereiro de 2011

A Aceleração Exponêncial da Implementação da Nova Ordem Mundial

Há vários anos que acompanho a implementação de uma Nova Ordem Mundial de controle tecnológico absoluto sobre todo o ser humano, animal e mercadoria... mas ainda assim me surpreendo com o poder de controle de massas, de controle de desenvolvimentos políticos e históricos que a elite globalizante possui.

As convulsões políticas e sociais que estamos a assistir no mundo árabe revela-nos que não devemos de forma alguma substimar o poder de tais forças seculares. Desde que tais manifestações começaram na Tunísia, já estão contabilizados centenas de mortos em diversos países. Mas como referi em post anterior, o mesmo está a ser preparado para a China - o que se revela, evidentemente, uma tarefa muito mais delicada do que aquela que tem vindo a ser realizada nos países árabes, essencialmente, através das políticas externas dos E.U.A.

Uma estrutura tão bem organizada como a que vemos estar a agir em prol de uma globalização suicida, agindo em frentes tão diversas como o ataque de falsa bandeira chamado Wikileaks, a crise económica mundial, o controle da água, etc., dificilmente encontrará algum tipo de resistência futura merecedora de credibilidade. De forma bem realista, blogues, sites, palestras e manifestações, pouco efeito estão a ter para travar, ou direcionar num sentido mais positivo, construtivo e vivificante, os objectivos do Novo Mundo Globalizado...

... o qual, tem como principal objectivo afastar o ser humano da sua Natureza Divina, da Luz do Poder Superior que tudo rege e que desperta o indivíduo para O Mestre que há em Si.


Paradoxalmente, a salvação existe, mas o foco é completamente inverso áquele para o qual os poderes seculares procuram distrair a nossa atenção, utilizando a propagação da insegurança e do medo, das mil e uma modas e tendências e da alteração dos Valores Naturais - tais como a família, o trabalho, a espiritualidade/conhecimento de Si/busca do sentido da Vida, a amizade, o respeito, a paz, etc.

Ainda há Esperança
Ela está muito mais Aqui
Em nosso Coração

Nenhum comentário: