terça-feira, 25 de setembro de 2012

Nova Ordem Mundial - Desinformados, manifestantes na Europa cumprem agenda da elite


... ou pensa o povo que eles não possuem a inteligência suficiente para prever muito bem que - com as medidas de austeridade impostas para supostamente resolverem a crise que eles próprios criaram - o povo sairia à rua em massa para pedir a resignação de governos? É claro que sabiam! Em política nada acontece por acaso! É a história a repetir-se: saem uns fantoches, metem lá outros e a agenda internacional segue conforme o previsto, como bem podemos ver pelo desenvolvimento da situação do Médio Oriente. Evidentemente, volto a lembrar, não podemos esquecer disto:

International Institutions and Global Governance Program

e disto:

Middle East Program

A agenda é complexa, de longo prazo e os acontecimentos não estão a rolar fora do controle como aparentam. Hoje em dia os serviços de inteligência trabalham muito além da capacidade de entendimento de maior parte da população. E esta, quer queira, quer não queira, é um rebanho a ser conduzido para a concretização da agenda das elites. Ou acreditam que o que se vê nesta foto da manifestação em Espanha é pura incompetência policial?

 

Eles já sabiam que imensa gente se juntaria e porque é que eles enviam tão poucos e violentos policias? Para as pessoas, por uma lado, sentirem revolta contra a opressão e violência policial e por outro sentirem que têm o poder nas mãos e que se quisessem tinham esmagado as forças policiais. Pura jogada para incentivar a continuidade dos protestos. Faz lembrar a revolta popular de Inglaterra, onde só passados quase três dias é que a polícia apareceu e mesmo assim quase nada fazia. Eles querem é que o fogo ateie e com força para terem justificação para instaurar uma sociedade tirânica de controle tecnológico absoluto!

Mas como um amigo me disse, não podes usar a verdade como uma tirania, ou seja, ainda não chegou a hora das massas compreenderem o jogo de bastidores que está a levar o povo para a rua. Discute-se o dólar, o euro, as políticas... mas os verdadeiros objectivos são:

- instaurar a desordem social e usá-la como justificação para a imposição de sistemas de controle tecnológicos absolutistas. Há até quem acredite que os governos estão preparados para a prisão em massa de pessoas "inimigas do sistema".  

- acabar com a nossa capacidade de sonhar, de sermos crianças e de vivermos em família, em plena harmonia com as Leis que regem as Forças da Natureza.



Nenhum comentário: