quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Portugal - FMI propõem corte de 4.000 milhões nas despesas do Estado



Conheça as propostas do FMI para cortar 4 mil milhões na despesa
São vários os caminhos para a reforma do Estado. Todos são dolorosos e uns são mesmo classificados como radicais. O FMI diz que chegou a hora de fazer mudanças "inteligentes" para cortar na despesa. Conheça a receita do FMI.

Eis algumas das propostas:











Evidentemente que as soluções não são para desenvolver mais qualidade de vida ao povo português!
São, sim, para implantar a indignação geral da população e as consequentes e óbvias convulsões sociais (manifestações de rua e distúrbios em em geral) que venham a justificar a instauração de sistemas de controle tecnológico e opressão policial. Isto gerará, também, mais oportubnidade de vampirizar riquezas para os bolsos das elites.

Nenhum comentário: